Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Change is good?

por Ameixinha, em 23.03.15

Fez uma semana que eu e o Matias nos mudamos de malas e bagagens - pronto, foi mais sacos e caixas - para outra casa. Vá, confesso, é só um quarto com uma cama, mas é um quarto grande nos fundos de uma garagem e dá para nós dois, por enquanto :)

Não é fácil, não, mas há alturas da vida em que temos que aproveitar as oportunidades que a vida nos dá e, se te colocam porta fora, o melhor é passares a porta de saída e orar pelo melhor! Nunca deixaria o Matias para trás, ele é a minha mais fiel companhia. Tive receio que, entre tanto stress e ansiedade de mudar de casa em 3 horas, ele fosse ficar desorientado e ter algum ataquezinho. Mas, tem aguentado firme e forte. Pode ser que a mudança de ambiente lhe faça bem. Às vezes é preciso as coisas piorarem para melhorarem logo a seguir. A minha esperança e confiança é mesmo essa :) Até lá, estamos bem, dentro dos possíveis!

Boa semana a todos!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Here we go again

por Ameixinha, em 26.01.15

Tchhh, já lá vai quase um ano desde que cá pus as patas :)

Sinal que está tudo mais ou menos bem... até hoje!

O bicho mais esquisito é o Matias, o gato possuído. Ontem fez das suas. Na madrugada de Sábado para Domingo teve três ataques, três! Ora, dois ainda está dentro do normal, mas três já é um exagero. Pior ainda, sinal de que algo estava mesmo errado, é que os ataques não foram acompanhados da tão e sempre aguardada... mijadela. Nada! Umas pinguinhas só, no primeiro ataque. O segundo e o terceiro já foi tipo pólvora seca... rien de rien!

Ora, como isto lhe dá mais à noite, eu, que estava toda ensonada, fiquei contente de não ter que limpar xixi aquela hora. Abençoado gato! Mas ontem ao fim do dia, noto que o bicho se demora muito na caixa de areia. Ali, arriado, em posição manhosa, minutos e minutos que passam e ele não sai dali. Cansa-se e enche o chão de areia, tal é o entre e sai da caixa. Limpa Ameixa Maria, limpa. E lambe-se, nas partes íntimas, lambe-se o bicho. É Domingo, mas amanhã já marchas até ao veterinário - pensava eu. E lá fomos. Ele ficou internado, está com a uretra obstruída. Quando a veterinária o apertou para ver se realmente precisava de ser algaliado, ele vomitou... a modos como que a mostrar o descontentamento do apertanço!

Ficou lá com aquele ar de não me toques que eu desenvolvo já aqui um ataque! E eu ri, que é o que faço melhor. Ele está em boas mãos, chorar para quê!? Já chorei tanto no primeiro ano de vida deste bicho e ele continua firme e forte. É só mais uma passagem para contar... amanhã dou notícias. Vou visitá-lo e levar o Pexion, que a doutora não tem os comprimidos todos deste meu animal :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Curto circuito

por Ameixinha, em 22.05.14

Os últimos dias têm sido de chuva, acompanhados de trovoada. O Matias, também decidiu descarregar electricidade e, no inicio da semana, teve dois ataques no mesmo dia. Um às 7 da manhã e outro ao fim da tarde.

Hoje, por volta das 6 da manhã, ouvi um barulho estranho, levantei-me de repente achando que era o Matias a ter novo ataque mas, ele estava a olhar para mim como quem pensasse: "olha esta, será que está a ter um ataque? Levantou-se tão freneticamente que até me acordou!". O Matias não era, e eu continuava a ouvir barulhos, qualquer coisa a estalar, mas não soava a trovoada. Acendi o candeeiro e a luz tremelicou e, por fim, foi-se abaixo. As portadas da janela deixavam passar umas luzernas esquisitas. Decidi abrir a porta da rua e deparo-me com o poste da luz a arder. Começei logo a fazer filmes e a imaginar os cabos de tensão a cair mesmo no nosso pátio. Olhei para o Tomás e chamei-o para vir para o meu quarto, mas o bicho não quis, só entra nos momentos mais inoportunos. Eis que, no meio da confusão, o Matias sai para o pátio, e eu já imaginava os dois bichos eletrocutados, de órbitas de fora, pêlo chamuscado, quase bichos embalsamados :/

Dei a correr atrás do Matias, mas ele achou que era uma brincadeira e deu a correr à minha frente. Ninguém diria que quase pede licença a uma pata para fazer avançar a outra; acordou cheio de energia hoje de manhã :)

Pronto, salvamo-nos todos, os técnicos chegaram pouco depois e eu deitei-me outra vez, já com o Matias são e salvo.

Esta aldeia dava um filme de terror! Esqueci-me de tirar uma foto ao poste a arder, mas quem se lembra disso quando se anda de pijama fora de casa a correr atrás de um gato? 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Era uma vez...

por Ameixinha, em 20.03.14

... um pato.

O Luísinho morreu hoje, primeiro dia de Primavera, quase a completar 6 anos de idade. 

Tão inesperada foi a sua chegada, como foi a sua partida. O que lhe aconteceu?

Não sei, ontem estava bem, hoje estava morto. A vida é assim. Espero que tenha sido um pato feliz.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Já não era sem tempo

por Ameixinha, em 23.12.13

Tinhamos imaginado quanto tempo levaria para o Matias ter ataques, depois de lhe retirarmos as luminaletas.

Durou mais ou menos uma semana, até ter uma série de ataques na madrugada de Sábado para Domingo.

Foram 7 ou 8 ataques de enfiada, com direito a muito xixi e baba. Telefonei ao veterinário que disse que era melhor ir a uma farmácia para comprar stesolid e enfiar-lhe pelo rabo acima :)

A farmácia de serviço não tinha o medicamento - sempre fui uma miúda cheia de sorte na vida - e o Matias, finalmente, decidiu acalmar.

Aterrou completamente, ao ponto de eu achar que tinha morrido, mas era visível que os pulmões estavam a funcionar. Dormiu até às 7:30 da manhã, quando teve mais uma ligeira convulsão.

Retomamos as luminaletas, para ver se o bicho acalma. Acho que dormiu o Domingo todo, ficou super cansado.

Não deu mais sinais de ataquezinhos.

Eu é que fico com o meu sistema nervoso todo descontrolado. Ter que o segurar de cócoras quase 1 hora, vê-lo a espernear, babar-se e mijar-se sem eu conseguir fazer nada para ajudar, e acordar às 4 da matina sem conseguir voltar a pregar olho até de manhã... é dose! Juro que ainda me dá uma coisinha má antes do Matias decidir bater a bota de vez :)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pancadinha

por Ameixinha, em 02.12.12
Passado o susto com o gato eis que na quinta-feira passada foi a vez do meu cão.
Escapou-se e foi atropelado por um vizinho bêbedo que nem sequer parou. O meu irmão viu e ainda foi atrás do anormal mas ele disse que o cão se atirou prá frente do carro, ou seja, tenho um cão com instinto suicida.
De forma resumida, está internado com a bacia partida em tudo quanto é sítio. Estamos à espera da opinião de um veterinário ortopédico para ver o que havemos de fazer.
Digam lá se eu não sou a dona mais sortuda do mundo, hein?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pancadinha

por Ameixinha, em 02.12.12
Passado o susto com o gato eis que na quinta-feira passada foi a vez do meu cão.
Escapou-se e foi atropelado por um vizinho bêbedo que nem sequer parou. O meu irmão viu e ainda foi atrás do anormal mas ele disse que o cão se atirou prá frente do carro, ou seja, tenho um cão com instinto suicida.
De forma resumida, está internado com a bacia partida em tudo quanto é sítio. Estamos à espera da opinião de um veterinário ortopédico para ver o que havemos de fazer.
Digam lá se eu não sou a dona mais sortuda do mundo, hein?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Home again

por Ameixinha, em 28.10.12
Estamos em casa e, pasmem, o Matias veio a ronronar que é uma coisa que ele nunca tinha feito :) 
Não sei se todos aqueles ataques desbloquearam alguma coisa dentro dele mas, o que é certo, é que ele ronrona e já deu umas miadelas. Acho que vim para casa com um gato novo :)
Obrigada à veterinária Diana pelos mimos e pelos presentes que deu ao Matias.
Deixamos lá ficar 33€ mas parece-me que a "dótora" cortou na despesa.
Vai tomar antibiótico e o protector  hepático a partir de hoje. Vamos lá ver se ele se aguenta sem ir ao veterinário até Dezembro.
Obrigada a todas pelo carinho.
Bom Domingo ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Home again

por Ameixinha, em 28.10.12
Estamos em casa e, pasmem, o Matias veio a ronronar que é uma coisa que ele nunca tinha feito :) 
Não sei se todos aqueles ataques desbloquearam alguma coisa dentro dele mas, o que é certo, é que ele ronrona e já deu umas miadelas. Acho que vim para casa com um gato novo :)
Obrigada à veterinária Diana pelos mimos e pelos presentes que deu ao Matias.
Deixamos lá ficar 33€ mas parece-me que a "dótora" cortou na despesa.
Vai tomar antibiótico e o protector  hepático a partir de hoje. Vamos lá ver se ele se aguenta sem ir ao veterinário até Dezembro.
Obrigada a todas pelo carinho.
Bom Domingo ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Estável

por Ameixinha, em 27.10.12
O Matias mantem-se sem febre e come bastante. Está controlado e vigiado, detesta os outros gatos da clínica, mal os ouve e desata a rosnar. A veterinária disse que é mais provável nós morrermos de susto do que ser o Matias a bater a bota. É um lutador e um vencedor, este gato se não existisse também não era inventado porque dá um trabalho e uma despesa do caraças :)
Obrigada pela força e pelo carinho!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D