Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Já mia mais fino :)

por Ameixinha, em 29.04.10
Tadinho, ele até nunca foi muito de miar mas a verdade é que está muito mais leve :)
As bolinhas já eram. Passaram de cerejas para bagos de groselha he he
Correu tudo muito bem, deixei-o lá ficar ontem ao início da tarde e por volta das 19.30 ele já estava pronto para vir para casa.
É certo que ainda estava meio adormecido mas ao chegar a casa levantou-se e foi logo dar uma mijinha... ou seja, mostrar que o material ainda funciona plenamente!
Hoje também já a modos que se esfregou no meu braço direito. Pelos vistos, essa mania não a perdeu. Vamos lá ver se as outras ficaram pelo caminho ou se vão continuar. A minha esperança é que ele não alucine tanto com o cio das gatas e que o cio não amplifique as hipóteses de ter convulsões.Uma coisa é certa, pelo menos não vai ser pai de uma resma de gatos doentes que poderiam nascer com o mesmo problema dele :)
Gostava muito de tirar uma fotografia ao bicho novo, mas a minha máquina está inutilizada. Aqui em casa avaria tudo... não é só o gato!
A partir de hoje, esquecemos o Brometo, o diazepam continua 1/4 de 12 em 12 horas e diminuímos as luminaletas para 2 e 1/4 por dia. Vamos aos bocadinhos para ver se a coisa se aguenta :)

Vou dando notícias, sem fotos mas com muitas palavras!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Já mia mais fino :)

por Ameixinha, em 29.04.10
Tadinho, ele até nunca foi muito de miar mas a verdade é que está muito mais leve :)
As bolinhas já eram. Passaram de cerejas para bagos de groselha he he
Correu tudo muito bem, deixei-o lá ficar ontem ao início da tarde e por volta das 19.30 ele já estava pronto para vir para casa.
É certo que ainda estava meio adormecido mas ao chegar a casa levantou-se e foi logo dar uma mijinha... ou seja, mostrar que o material ainda funciona plenamente!
Hoje também já a modos que se esfregou no meu braço direito. Pelos vistos, essa mania não a perdeu. Vamos lá ver se as outras ficaram pelo caminho ou se vão continuar. A minha esperança é que ele não alucine tanto com o cio das gatas e que o cio não amplifique as hipóteses de ter convulsões.Uma coisa é certa, pelo menos não vai ser pai de uma resma de gatos doentes que poderiam nascer com o mesmo problema dele :)
Gostava muito de tirar uma fotografia ao bicho novo, mas a minha máquina está inutilizada. Aqui em casa avaria tudo... não é só o gato!
A partir de hoje, esquecemos o Brometo, o diazepam continua 1/4 de 12 em 12 horas e diminuímos as luminaletas para 2 e 1/4 por dia. Vamos aos bocadinhos para ver se a coisa se aguenta :)

Vou dando notícias, sem fotos mas com muitas palavras!

Autoria e outros dados (tags, etc)


É de enfiada!

por Ameixinha, em 26.04.10

Com mais meio valium por dia, dorme que nem uma pedra, não se aguenta nas canetas e nem se dá por ela que está um gato em casa. Se já era um gato sossegado, passou a gato catatónico :)
Quarta-feira passada acabou por ter um ataque não sei bem porquê. Já tinha estava encharcado em luminaletas, brometo e valium. A única explicação que poderá fazer algum sentido (ou não), terá sido a mudança de tempo e a trovoada.
Estive ausente estes dias todos e ele ficou com a minha mãe, ela diz que ele se portou bem. Não tem força nem para erguer as orelhas e mexer os bigodes :)
Quarta vou levá-lo para retirar o abono de família he he



Dorme de barriga para cima mas nem ressona, é um anjo... dopado, mas não deixa de ser um anjo :)

Autoria e outros dados (tags, etc)


É de enfiada!

por Ameixinha, em 26.04.10

Com mais meio valium por dia, dorme que nem uma pedra, não se aguenta nas canetas e nem se dá por ela que está um gato em casa. Se já era um gato sossegado, passou a gato catatónico :)
Quarta-feira passada acabou por ter um ataque não sei bem porquê. Já tinha estava encharcado em luminaletas, brometo e valium. A única explicação que poderá fazer algum sentido (ou não), terá sido a mudança de tempo e a trovoada.
Estive ausente estes dias todos e ele ficou com a minha mãe, ela diz que ele se portou bem. Não tem força nem para erguer as orelhas e mexer os bigodes :)
Quarta vou levá-lo para retirar o abono de família he he



Dorme de barriga para cima mas nem ressona, é um anjo... dopado, mas não deixa de ser um anjo :)

Autoria e outros dados (tags, etc)


É só mais um pela goela abaixo!

por Ameixinha, em 21.04.10
Isto de ter passado muito tempo sem computador, deixou-me mais preguiçosa para escrever. Mas hoje tomei coragem para contar o que vamos agora fazer com o Matias. No Sábado passado passei pela Liga para falar com a veterinária, para saber o que tinham decidido em conjunto com o veterinário do Hospital Montenegro.
Ora bem, a melhor hipóteses pareceu-lhes a introdução do Diazepam (Valium) para ver se conseguimos diminuir as luminaletas. A hipotensão fica um bocadinho de parte já que os comprimidos custam 30 euros. Vamos lá tentar o Valium que sempre é mais baratinho e está indicado como anticonvulsivo. Comecei a dar-lhe na segunda-feira, dia 19, e ele tem andado bem. Só um bocadinho mais sonolento porque ainda está a tomar as duas luminaletas e meia e o brometo de potássio.
Esta gato não vai morrer da doença mas parece que vai morrer da cura!
A partir de amanhã não vou estar em casa e hoje estive a fazer as doses dos comprimidos para a minha mãe lhe dar às horas certas. Como ela nem se lembra se já tomou os comprimidos dela ou não, achei melhor deixar tudo dividido, embrulhados em papéis com a indicação do dia e da hora. Senti-me num hospital psiquiátrico a dar as doses aos pacientes :)
Sao 3 tomas por dia, na primeira toma é uma luminaleta mais 1/4 de diazepam, na segunda toma é só meia luminaleta, na terceira toma é uma luminaleta, 1/4 de diazepam e a cápsula do Brometo.
O que vale o Matias já está habituado a abrir a goela ;) Na semana que vem já começamos a diminuir o Brometo e depois vamos tentar diminuir as luminaletas.

Também falei com a veterinária acerca da castração porque a semana passada ele andava doidinho com as gatas e não me deixava o braço direito em paz (o gajo é de direita he he), e ela ficou um bocado reticente, uma vez que o Matias já tem problemas urinários. A castração pode agravar a situação dele. Mas, a castração seria boa uma vez que o cio faz com que aumente a probabilidade de ter convulsões. Enfim, fiquei numa dúvida cruel. Quero o melhor para o bicho, não quero piorar a situação! A veterinária perguntou se ele comia bem a ração da Urinary, eu disse que sim, as 55 g diárias mal lhe chegam para satisfazer a fome :) Então decidimos marcar a castração para a próxima quarta-feira, dia 28!
Anda lá animal, que para a semana que vem já mias mais fino he he

Agora vou ausentar-me até Domingo e já estou a bater mal... tanto tempo sem lhe pôr a vista em cima. Só espero que se porte bem e não tenha nenhum ataquezinho na minha ausência, senão a minha mãe vai andar à nora e ela bem precisa de descanso. Mas olha... ela é que quis um gatinho cá para casa, aguenta-te à bronca Maria Amélia :)

Beijos e até breve!

Autoria e outros dados (tags, etc)


É só mais um pela goela abaixo!

por Ameixinha, em 21.04.10
Isto de ter passado muito tempo sem computador, deixou-me mais preguiçosa para escrever. Mas hoje tomei coragem para contar o que vamos agora fazer com o Matias. No Sábado passado passei pela Liga para falar com a veterinária, para saber o que tinham decidido em conjunto com o veterinário do Hospital Montenegro.
Ora bem, a melhor hipóteses pareceu-lhes a introdução do Diazepam (Valium) para ver se conseguimos diminuir as luminaletas. A hipotensão fica um bocadinho de parte já que os comprimidos custam 30 euros. Vamos lá tentar o Valium que sempre é mais baratinho e está indicado como anticonvulsivo. Comecei a dar-lhe na segunda-feira, dia 19, e ele tem andado bem. Só um bocadinho mais sonolento porque ainda está a tomar as duas luminaletas e meia e o brometo de potássio.
Esta gato não vai morrer da doença mas parece que vai morrer da cura!
A partir de amanhã não vou estar em casa e hoje estive a fazer as doses dos comprimidos para a minha mãe lhe dar às horas certas. Como ela nem se lembra se já tomou os comprimidos dela ou não, achei melhor deixar tudo dividido, embrulhados em papéis com a indicação do dia e da hora. Senti-me num hospital psiquiátrico a dar as doses aos pacientes :)
Sao 3 tomas por dia, na primeira toma é uma luminaleta mais 1/4 de diazepam, na segunda toma é só meia luminaleta, na terceira toma é uma luminaleta, 1/4 de diazepam e a cápsula do Brometo.
O que vale o Matias já está habituado a abrir a goela ;) Na semana que vem já começamos a diminuir o Brometo e depois vamos tentar diminuir as luminaletas.

Também falei com a veterinária acerca da castração porque a semana passada ele andava doidinho com as gatas e não me deixava o braço direito em paz (o gajo é de direita he he), e ela ficou um bocado reticente, uma vez que o Matias já tem problemas urinários. A castração pode agravar a situação dele. Mas, a castração seria boa uma vez que o cio faz com que aumente a probabilidade de ter convulsões. Enfim, fiquei numa dúvida cruel. Quero o melhor para o bicho, não quero piorar a situação! A veterinária perguntou se ele comia bem a ração da Urinary, eu disse que sim, as 55 g diárias mal lhe chegam para satisfazer a fome :) Então decidimos marcar a castração para a próxima quarta-feira, dia 28!
Anda lá animal, que para a semana que vem já mias mais fino he he

Agora vou ausentar-me até Domingo e já estou a bater mal... tanto tempo sem lhe pôr a vista em cima. Só espero que se porte bem e não tenha nenhum ataquezinho na minha ausência, senão a minha mãe vai andar à nora e ela bem precisa de descanso. Mas olha... ela é que quis um gatinho cá para casa, aguenta-te à bronca Maria Amélia :)

Beijos e até breve!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Continuação da saga

por Ameixinha, em 17.04.10

Continuando a postagem anterior...
Chegamos a casa já noitinha, o Matias portou-se sempre muito bem nas viagens. Era como se tivesse feito aquilo a vida toda :)
Na quinta-feira esperamos pelo telefonema do Doutor, para saber se as análises estavam porreiras e para saber se ele poderia fazer a ressonância no Sábado, 10 de Abril.
O Doutor disse que estava tudo bem e que, na sexta-feira, podia ir lá levar o Matias para o deixar ficar. Dessa vez já foi outra Doutora que nos recebeu e não se esqueceu de nós no consultorio he he Já estavam todos avisados do caso do Matias. Ela lá me explicou tudo, assinei uma autorização e perguntei novamente quanto iria pagar. Lá me disse que seriam 435 euros sem contraste ou 475 com contraste. Nessa altura fiquei a pensar onde ficaram os 450 euros que me tinham falado! Fui enganada mas está bem... Podia ser que fossem só os 435 euros :) Não me soube dizer a que horas o podia ir buscar no Sábado porque a ressonância tanto podia ser de manhã como de tarde. Ficaram de telefonar-me quando o Matias estivesse a acordar da anestesia, porque só o deixavam vir para casa quando ele estivesse em segurança.
Vim para casa com uma sensação de mãos vazias, já estava tão habituada à transportadora que parecia que me tinha esquecido de alguma coisa. Meti as mãos aos bolos e meti-me no comboio.
No Sábado tive um casamento, os meus pais ficaram à espera que eu lhes telefonasse para irem buscar o bichinho ao Porto. Eram 5 da tarde e eu já não me aguentava mais de tanta preocupação. Toca a telefonar para o Doutor. Ele lá me disse que estava tudo a correr bem, o Matias ainda estava a fazer a ressonância e eles iam telefonar-me quando ele estivesse a acordar. Passados 15 minutos uma Doutora telefonou-me a dizer que já o podiam ir buscar, que tinha corrido tudo bem e não tinham encontrado nada no Matias que justificasse as convulsões, estariamos perante um caso de epilepsia primária. Mas a ressonância ainda não tinha sido vista por um especialista. Teriam que esperar a leitura da parte do especialista e depois dariam mais notíciase certezas.
Lá telefonei aos meus pais e eles lá foram buscá-lo. Ao chegar a casa, teve um brutal ataque ainda dentro da transportadora. É só mais um! Provavelmente terá sido causado pela anestesia.
Esta semana andou bem, sem convulsões nem desequilibrios.
O Doutor telefonou quinta-feira a dizer que a ressonância do Matias era a de um gato perfeitamente normal. Normal? Este gato é tudo menos normal :)
O Doutor sugeriu a medicação para a tensão baixa e eu perguntei então o que fazer em relação às luminaletas que lhe estão a dar cabo do fígado. Ele não me soube dizer nada a não ser que poderíamos tentar o Valium. Mas o raio do gato já dorme que nem um porco e o que queremos é diminuir as luminaletas. O Doutor lá disse que ia falar com a Veterinária que o segue aqui na Liga, para ver se se ajudavam um ao outro. Estou sem saber o que decidiram e se realmente falou com a Doutora.
Estamos outra vez no ponto de partida, sem saber bem o que fazer e o bicho está igual!
Ahhh, paguei 475 euros que me lixei! E agora... não sei de nada!
Na foto podem ver as patitas do Matias que vieram completamente rapadas e vermelhas, tadito :)
Cum caraças, isto é quase um testamento!
Bom fim de semana a todos :)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Continuação da saga

por Ameixinha, em 17.04.10

Continuando a postagem anterior...
Chegamos a casa já noitinha, o Matias portou-se sempre muito bem nas viagens. Era como se tivesse feito aquilo a vida toda :)
Na quinta-feira esperamos pelo telefonema do Doutor, para saber se as análises estavam porreiras e para saber se ele poderia fazer a ressonância no Sábado, 10 de Abril.
O Doutor disse que estava tudo bem e que, na sexta-feira, podia ir lá levar o Matias para o deixar ficar. Dessa vez já foi outra Doutora que nos recebeu e não se esqueceu de nós no consultorio he he Já estavam todos avisados do caso do Matias. Ela lá me explicou tudo, assinei uma autorização e perguntei novamente quanto iria pagar. Lá me disse que seriam 435 euros sem contraste ou 475 com contraste. Nessa altura fiquei a pensar onde ficaram os 450 euros que me tinham falado! Fui enganada mas está bem... Podia ser que fossem só os 435 euros :) Não me soube dizer a que horas o podia ir buscar no Sábado porque a ressonância tanto podia ser de manhã como de tarde. Ficaram de telefonar-me quando o Matias estivesse a acordar da anestesia, porque só o deixavam vir para casa quando ele estivesse em segurança.
Vim para casa com uma sensação de mãos vazias, já estava tão habituada à transportadora que parecia que me tinha esquecido de alguma coisa. Meti as mãos aos bolos e meti-me no comboio.
No Sábado tive um casamento, os meus pais ficaram à espera que eu lhes telefonasse para irem buscar o bichinho ao Porto. Eram 5 da tarde e eu já não me aguentava mais de tanta preocupação. Toca a telefonar para o Doutor. Ele lá me disse que estava tudo a correr bem, o Matias ainda estava a fazer a ressonância e eles iam telefonar-me quando ele estivesse a acordar. Passados 15 minutos uma Doutora telefonou-me a dizer que já o podiam ir buscar, que tinha corrido tudo bem e não tinham encontrado nada no Matias que justificasse as convulsões, estariamos perante um caso de epilepsia primária. Mas a ressonância ainda não tinha sido vista por um especialista. Teriam que esperar a leitura da parte do especialista e depois dariam mais notíciase certezas.
Lá telefonei aos meus pais e eles lá foram buscá-lo. Ao chegar a casa, teve um brutal ataque ainda dentro da transportadora. É só mais um! Provavelmente terá sido causado pela anestesia.
Esta semana andou bem, sem convulsões nem desequilibrios.
O Doutor telefonou quinta-feira a dizer que a ressonância do Matias era a de um gato perfeitamente normal. Normal? Este gato é tudo menos normal :)
O Doutor sugeriu a medicação para a tensão baixa e eu perguntei então o que fazer em relação às luminaletas que lhe estão a dar cabo do fígado. Ele não me soube dizer nada a não ser que poderíamos tentar o Valium. Mas o raio do gato já dorme que nem um porco e o que queremos é diminuir as luminaletas. O Doutor lá disse que ia falar com a Veterinária que o segue aqui na Liga, para ver se se ajudavam um ao outro. Estou sem saber o que decidiram e se realmente falou com a Doutora.
Estamos outra vez no ponto de partida, sem saber bem o que fazer e o bicho está igual!
Ahhh, paguei 475 euros que me lixei! E agora... não sei de nada!
Na foto podem ver as patitas do Matias que vieram completamente rapadas e vermelhas, tadito :)
Cum caraças, isto é quase um testamento!
Bom fim de semana a todos :)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Actualizações do possuído!

por Ameixinha, em 15.04.10
Pois que estamos de volta e prontos para fazer as actualizações destes dias que passaram e não demos notícias.
O último dia que cá escrevi, dia 24 de Março, o Matias teve uma convulsão e andou outra vez a bater com o "meco" no chão :)
Dia 2 de Abril, aconteceu a mesma coisa.

A veterinária contactou-me por causa das análises que o Matias tinha que fazer ao fígado antes de fazer a ressonância. Como sempre... tudo normal, nada que justifique as convulsões. A ressonância ficou marcada para dia 10 de Abril no Hospital Veterinário Montenegro mas seria melhor ir a uma consulta antes.

Lá telefonei, o dia disponível era a uma quarta-feira às 18 da tarde. Perguntei quanto custava a consulta, seriam mais 27 euros que me saíam do bolso. Lá fui eu para o Porto com o Matias, uma voltinha de comboio, mais uma voltinha de metro, um passeio curto a pé e chegamos ao Hospital.
Até pensei que ele ia miar que nem um desalmado com o barulho dos transportes mas o bicho dormiu todo o caminho. É assim mesmo :)

Chegados ao Hospital, preenchemos a ficha e aguardamos que nos chamassem. Só passados 20 minutos da hora marcada é que o Doutor Montenegro chama por nós, enfia-nos dentro de um consultório e pede para esperar um bocadinho. O bocadinho demorou cerca de 20 minutos e eu já bufava, esperveava, esbracejava e ruminava palavras pouco dignas de uma senhora (que sou, ok?) quando, de repente, toca o meu telemóvel e...
era do Hospital Montenegro a perguntar onde eu estava porque já tinham chamado duas vezes pelo Matias e não nos encontravam. Hellooooo? What? Como? Hahh? Tá tudo doido?
Eu só disso que estávamos dentro do consultório e que se tinham esquecido de nós :) Lindo, não foi? Pois foi e só me apetecia chorar porque já eram quase 19h e eu ainda tinha que apanhar o metro e o comboio para vir para casa.

O Doutor lá se desculpou, uma senhora desmaiou e tal, blá, blá, blá e lá começamos a falar do Matias que dormia tranquilamente dentro da transportadora :)
O Doutor observou-o, aparentemente estava tudo normal e disse que o facto do Matias cair poderia ser a pressão baixa, podiam tentar medir mas não ia ser fácil. A assistente lá foi buscar a máquina para tentar ouvir a pulsação do Matias, raparam-lhe a base da pata direita e lá tentamos ouvir a batida. Foi o cabo dos trabalhos mas, passado algum tempo, lá ouvimos e o resultado é que o Matias é hipotenso, pois é... sofre de pressão baixa, o que não é nada normal uma vez que come uma ração super salgada para o obrigar a beber água, para que faça xixi mais vezes.

Seguiu-se uma breve conversa acerca da ressonância, de onde era feita, por quem e o que era necessário fazer antes desse procedimento. Ora, seguiram-se novas análises porque a ressonância envolve uma anestesia geral e tem que se ver se está tudo bem. Nesta altura eu só pensava no dinheiro que não tinha e nem sequer podia pagar com cartão de crédito. A única segurança era o meu pai, que tinha ido comigo e já bufava do lado de fora à minha espera :)
Lá se fez a análise e ficaram de me dar o resultado no dia seguinte, para ver se realmente estava tudo bem e podíamos prosseguir com a ressonância.

Na hora de pagar foi lindo, eu já estava chateada por estar atrasada, cheia de fome, o meu pai à minha espera e a dizer para irmos embora e pagávamos depois (depois quando? Quando fossem atrás de nós a pedir o dinheiro?). Só as análises foram 25 euros, a medição de glicose 5 euros, pressão arterial 10 euros, no final paguei 40 euros porque a consulta foi uma consulta de cortesia (era o mínimo que podiam fazer depois de se terem esquecido de mim no consultório, não acham?), senão ia para os 67 euros! Valeu-me o meu pai senão ia ter que ficar ali a lavar os bichos he he Perdemos o comboio, como é óbvio, e só chegamos a casa quase às 22 horas.

E por hoje fico por aqui... amanhã conto o bocadinho que falta :)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Actualizações do possuído!

por Ameixinha, em 15.04.10
Pois que estamos de volta e prontos para fazer as actualizações destes dias que passaram e não demos notícias.
O último dia que cá escrevi, dia 24 de Março, o Matias teve uma convulsão e andou outra vez a bater com o "meco" no chão :)
Dia 2 de Abril, aconteceu a mesma coisa.

A veterinária contactou-me por causa das análises que o Matias tinha que fazer ao fígado antes de fazer a ressonância. Como sempre... tudo normal, nada que justifique as convulsões. A ressonância ficou marcada para dia 10 de Abril no Hospital Veterinário Montenegro mas seria melhor ir a uma consulta antes.

Lá telefonei, o dia disponível era a uma quarta-feira às 18 da tarde. Perguntei quanto custava a consulta, seriam mais 27 euros que me saíam do bolso. Lá fui eu para o Porto com o Matias, uma voltinha de comboio, mais uma voltinha de metro, um passeio curto a pé e chegamos ao Hospital.
Até pensei que ele ia miar que nem um desalmado com o barulho dos transportes mas o bicho dormiu todo o caminho. É assim mesmo :)

Chegados ao Hospital, preenchemos a ficha e aguardamos que nos chamassem. Só passados 20 minutos da hora marcada é que o Doutor Montenegro chama por nós, enfia-nos dentro de um consultório e pede para esperar um bocadinho. O bocadinho demorou cerca de 20 minutos e eu já bufava, esperveava, esbracejava e ruminava palavras pouco dignas de uma senhora (que sou, ok?) quando, de repente, toca o meu telemóvel e...
era do Hospital Montenegro a perguntar onde eu estava porque já tinham chamado duas vezes pelo Matias e não nos encontravam. Hellooooo? What? Como? Hahh? Tá tudo doido?
Eu só disso que estávamos dentro do consultório e que se tinham esquecido de nós :) Lindo, não foi? Pois foi e só me apetecia chorar porque já eram quase 19h e eu ainda tinha que apanhar o metro e o comboio para vir para casa.

O Doutor lá se desculpou, uma senhora desmaiou e tal, blá, blá, blá e lá começamos a falar do Matias que dormia tranquilamente dentro da transportadora :)
O Doutor observou-o, aparentemente estava tudo normal e disse que o facto do Matias cair poderia ser a pressão baixa, podiam tentar medir mas não ia ser fácil. A assistente lá foi buscar a máquina para tentar ouvir a pulsação do Matias, raparam-lhe a base da pata direita e lá tentamos ouvir a batida. Foi o cabo dos trabalhos mas, passado algum tempo, lá ouvimos e o resultado é que o Matias é hipotenso, pois é... sofre de pressão baixa, o que não é nada normal uma vez que come uma ração super salgada para o obrigar a beber água, para que faça xixi mais vezes.

Seguiu-se uma breve conversa acerca da ressonância, de onde era feita, por quem e o que era necessário fazer antes desse procedimento. Ora, seguiram-se novas análises porque a ressonância envolve uma anestesia geral e tem que se ver se está tudo bem. Nesta altura eu só pensava no dinheiro que não tinha e nem sequer podia pagar com cartão de crédito. A única segurança era o meu pai, que tinha ido comigo e já bufava do lado de fora à minha espera :)
Lá se fez a análise e ficaram de me dar o resultado no dia seguinte, para ver se realmente estava tudo bem e podíamos prosseguir com a ressonância.

Na hora de pagar foi lindo, eu já estava chateada por estar atrasada, cheia de fome, o meu pai à minha espera e a dizer para irmos embora e pagávamos depois (depois quando? Quando fossem atrás de nós a pedir o dinheiro?). Só as análises foram 25 euros, a medição de glicose 5 euros, pressão arterial 10 euros, no final paguei 40 euros porque a consulta foi uma consulta de cortesia (era o mínimo que podiam fazer depois de se terem esquecido de mim no consultório, não acham?), senão ia para os 67 euros! Valeu-me o meu pai senão ia ter que ficar ali a lavar os bichos he he Perdemos o comboio, como é óbvio, e só chegamos a casa quase às 22 horas.

E por hoje fico por aqui... amanhã conto o bocadinho que falta :)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D